Da Importância dos Jardineiros

“O que é mais importante? O jardim ou o jardineiro? É o jardineiro. Havendo um jardineiro, mais cedo ou mais tarde, haverá um jardim. Um jardim sem jardineiro, logo desaparecerá. O que é um jardineiro? Uma pessoa cujo pensamento está cheio de jardins. O que faz um jardim são os pensamentos do jardineiro.
O que faz um povo são os pensamentos daqueles que o compõem”
Rubem Alves

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo!!

MANTRAS PARA 2011

Amor
...O amor faz milagres em minha vida
Sou verdadeiramente feliz ao lado da pessoa que amo
Meu coração irradia amor e paz
Eu me sinto amado(a) e protegido(a) a cada minuto
Eu atraio cada vez mais felicidade e amor
A minha vida amorosa é verdadeira e inabalável
É seguro demonstrar e receber amor todos os dias

Autoestima
Todos os meus desejos se realizam
Tenho todas as condições para demonstrar que sou feliz
Minha rotina é sempre próspera
É maravilhoso ser quem sou
Aproveito cada minuto com alegria e sabedoria
Consigo realizar tudo o que desejo
Eu me amo de verdade
Tenho o poder de realizar os meus desejos
Meu corpo se torna cada vez mais saudável
Eu agradeço por receber tantas maravilhas diariamente

Trabalho e dinheiro
O meu trabalho é o melhor trabalho do mundo
O dinheiro que gasto retorna em maior quantia
A serenidade toma conta das minhas tarefas
O sucesso financeiro é uma realidade para mim
A sabedoria toma conta dos meus negócios
Sou criativo e poderoso em tudo o que faço
Eu mereço e conquisto sucesso profissional
Eu sou a criatividade em pessoa
A minha relação com o dinheiro é saudável

Família e amigos
Eu atraio pessoas alegres e verdadeiras
Minha família é sempre unida e presente
Tenho pessoas maravilhosas ao meu redor
Conquisto amizades autênticas com facilidade
As pessoas que eu amo estão sempre perto de mim
Meus amigos são verdadeiros anjos em minha vida.

Vamos mentalizar na passagem para 2011:
Tudo Perfeito e Maravilhoso, 2011
(via Marcos Maher)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Conferência Internacional contra Corrupção

A AMARRIBO será a organizadora da próxima conferência internacional contra a corrupção, que será realizada no Brasil em 2012. Essa conferência acontece a cada dois anos nos países que fazem parte do tratado internacional. Em 2008 foi realizada em Atenas, na Grécia e em 2010 em Bangkok, na Tailândia. Mais de cem países participam e o Brasil e a Amarribo foram convidados por suas iniciativas de combate à corrupção.
Nós, da Rede Amarribo/IFC, estamos orgulhosos.


terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Carta de Analândia

A insegurança que há muito tempo vem acometendo a sociedade analandense, agora se manifestou em fatos notórios e indiscutíveis como os que culminaram com a morte cruel e violenta do vereador Nalin.

O clamor social que, em Analândia, até então vinha sendo, equivocadamente, interpretado como mero inconformismo de conotação político partidário, ganhou âmbito nacional, revelando a face e os contornos do individualismo exacerbado de um pseudolíder, que para se manter no poder não hesita em fazer uso indiscriminado da trilogia corrupção, injustiça e violência contra uma população pacata, a cada dia, mais e mais, estarrecida com a ousadia do crime organizado, estabelecido nos poderes constituídos municipais, a praticar toda sorte de desmandos administrativos, que se estendem, desde a prática indiscriminada do nepotismo até os desvios mais inescrupulosos dos recursos públicos.

A funesta realidade de todos esses fatos tem início a partir da inserção fraudulenta de eleitores no corpo eleitoral do município, tornado Analândia, talvez, a única cidade no Brasil, cujo eleitorado supera a totalidade da população municipal.
A partir daí, nenhuma outra conseqüência poderia se esperar, senão o despotismo de um governo sem legitimidade e completamente descomprometido com os interesses dos cidadãos analandenses, cujos destinos, hoje, estão à mercê dos eleitores fantasmas residentes em falsos endereços constantes das contas d’água emitidas pelos próprios beneficiários desse expediente.

Os cidadãos analandenses, não obstantes submetidos à total falta de transparência das contas municipais e às ameaças, como, entre tantas outras, as que redundaram na renúncia do Presidente da Câmara Municipal, indignados, reivindicam, das autoridades competentes, uma pronta interferência no sentido da preservação da ordem e da lisura na aplicação dos recursos públicos, no município de Analândia, uma vez que os edis eleitos e compromissados com as causas da ética e do controle social, encontram-se atemorizados diante da sanha de uma quadrilha instalada no poder municipal, para que a impunidade não venha a fomentar a ocorrência de episódios sangrentos como o que enlutou toda a família analandense e em particular a família do Vereador Nalin.

Concretamente, a Sociedade Analandense reclama e espera um posicionamento firme, no sentido de se proceder ao saneamento, incontinenti, do corpo eleitoral municipal, para que a soberania da vontade popular possa se manifestar sem os vícios observados nos pleitos eleitorais pretéritos, que reconduziram verdadeiros delinqüentes ao poder, contrariando princípios universais do Direito, como aquele que proclama: o infrator não pode beneficiar-se da sua própria torpeza.

Outrossim, reclama e espera, que a transparência da contas municipais seja prontamente restabelecida, para que os ditames constitucionais e os da lei de responsabilidade fiscal sejam observados, para que, dessa forma, a população possa exercer o seu sagrado e mais importante dever moral que é a CIDADANIA.

Analândia, 11 de dezembro de 2010

01- GUARÁ - Águas da Prata/SP

02 - AMASA - Analândia/SP

03 - ALERTA ANTONINA DO NORTE - Antonina do Norte/CE

04 - BATRA - BAURU TRANSPARENTE - Bauru/SP

05 - AMABOM - Bom Despacho/MG

06 - INSTITUTO DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE - Brasília/DF

07- MOVIMENTO DE COMBATE À CORRUPÇÃO ELEITORAL - Brasília/DF

08 - TRANSPARÊNCIA CACHOEIRENSE - Cachoeira Dourada/GO

09 - AMACOR - Corinto/MG

10 - AMACORUMBAÍBA - Corumbaíba/GO

11 - MORAL - Cuiabá/MT

12 - ADIV - Diamantina/MG

13 - AMOGLAU - Glauciândia/MG

14 - ASAJAN - Januária/MG

15 - IBDDC - Mangaratiba/RJ

16 - MATRA - Marília/SP

17 - APP-ML - Mateus Leme/MG

18 - AMAMINDURI - Minduri/MG

19 - TRANSPARÊNCIA MIRASSOL - Mirassol/SP

20 - ASFAM - Morro do Chapéu/BA

21 - CONSCID - Pedregulho/SP

22 - MULHERES DA VERDADE - Pirassununga/SP

23 - AMARRIBO - Ribeirão Bonito/SP

24 - AMARRIBO JÚNIOR - Ribeirão Bonito/SP

25 - ACIBEN - Ribeirão das Neves/MG

26 - AMASG - São Gonçalo/RJ

27 - AMMAS - São João Del Rei/MG

28 - MOVIMENTO VOTO CONSCIENTE - São Paulo/SP

29 - FORÇA TAREFA POPULAR - Terezina/PI

30 - TRANSPARÊNCIA TUCURUI - Tucurui/PA

31 - VIDAC - Montalvânia/MG

32 - AMABUERA - Buerarema/BA

33 - UNISOCIAL - Correia Pinto/SC

34 - AMARIBIÁ - Ibiá/MG

35 - AMAJE - Jequié/BA

36 - INSTITUTO SILVIO VIANNA - Maceió/AL

37 - ADAMA - Mandaguari/PR

38 - CONCIMA - Maués/AM

39 - ORDEM - Mirandópolis/SP

40 - SEMPRE VIVA XAVANTINA - Nova Xavantina/MT

41- ÉTICO - Orlândia/SP

42 - AMAPAULÍNIA - Paulínia/SP

43 - TRANSPARÊNCIA CAPIXABA - Vitória/ES

44 - OBSERVATÓRIO SOCIAL - Maringá/PR

45 - AMABOMBINHAS - Bombinhas/SC

46 – AMIGOS DO GUARUJÁ – Guarujá/SP





segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Vereador é ameaçado em Limeira SP

Ronei é ameaçado e procura ajuda estadual

Autor: Gabriela Garcia

O vereador Ronei Martins (PT) afirma que vem recebendo ameaças via e-mail e por mensagens de celular. Ele acredita que a situação possa estar atrelada à CPI da Merenda.
O parlamentar registrou a ocorrência há 40 dias, mas sem verificar providências, procurou o deputado estadual Simão Pedro (PT), em São Paulo, que se comprometeu a conversar com o secretário de Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, para cobrar ações da Polícia Civil de Limeira.

O deputado também irá acionar a Polícia Federal para apurar o caso."Não posso afirmar nada, mas as coincidências levam a crer que as ameaças possam ter vínculos com minha atuação política. O primeiro e-mail recebi no dia 23 de outubro, logo quando a CPI começou a ficar interessante, que foi quando começamos a aprovar as testemunhas e marcar as oitivas", afirmou Ronei.

Até o momento, o parlamentar recebeu quatro e-mails, sem remetente, contendo, inclusive, ameaças de morte. "Acho que já é hora de começar a vegetar na vida. O dia da morte está chegando. Fique no seu lugar e tudo volta nos eixos", diz um dos textos enviados ao vereador.
Em um dos e-mails, o vereador também é chamado de homossexual e as ameaças continuam. "Tenha medo de dois nomes: um que tem a ver com um homem com muito dinheiro e outro de um apóstolo de Jesus, o mais amado. E pare de se meter em política", diz o e-mail.

Ronei afirmou ainda que, além das ameaças via Internet, um amigo dele recebeu duas mensagens por telefone celular que diziam para mandar o vereador tomar cuidado. Ronei, porém, não acredita que sua integridade física esteja ameaçada."Acredito que tudo isso é para me desestabilizar e tirar meu foco. São situações que me incomodam. Sinto que a minha intimidade está sendo invadida. Um dos textos diz que eu tive um caso com um garoto, de 14 anos!

Não temo pela minha integridade física, mas tenho medo de plantarem alguma coisa contra minha integridade moral", analisou o vereador.O parlamentar já registrou dois boletins de ocorrência, sendo o primeiro há 40 dias."Até o momento, não houve providências. Conversei com o doutor Ventura (José Henrique Ventura, delegado seccional) e ele me informou que não havia nada que pudesse ser feito, infelizmente. No último dia 14, representei o B.O. e fui informado que o processo investigativo terá início", disse Ronei.

O Jornal de Limeira tentou ouvir Ventura, por meio do telefone da Delegacia Seccional. No entanto, o delegado se encontrava em viagem de trabalho.

Após as ameaças, Ronei ainda se reuniu com os deputados federal Paulo Teixeira (PT) e Simão Pedro. "Uma reunião com a Superintendência da Polícia Federal será agendada para discutirmos o caso", disse o vereador.Após o encontro, o seccional entrou em contato com Ronei agendando para hoje a coleta do depoimento do vereador.

nossa coisa pública: Congresso insiste com volta de parlamentar biônico...

nossa coisa pública: Congresso insiste com volta de parlamentar biônico...: "22/12/2010 - 14h15. Fonte: www.congressoemfoco.com.br (Repórter Fábio Góis) PMDB indica seis deputados derrotados para o Parlamento do Merco..."

Brasil é membro fundador da Academia Anticorrupção

A partir de 2011, a Academia Internacional Anticorrupção, uma organização de iniciativa do governo da Áustria, vai capacitar especialistas que trabalham diretamente na luta contra a corrupção.

O Brasil assinou, em Viena, o acordo de criação da academia e tornou-se membro fundador da organização.
De acordo com o ministro-chefe interino da Controladoria-Geral da União, Luiz Navarro, a academia vai oferecer cursos para formar profissionais capacitados em combater a corrupção.


Além disso, a academia terá uma plataforma para o diálogo entre os representantes dos países que fazem parte da organização.
"É uma iniciativa muito importante, que foi discutida em várias oportunidades. Já tem uma sede, que fica nos arredores de Viena, e vai funcionar com professores peritos no combate e prevenção à corrupção. Também haverá treinamento para diversos públicos em técnicas avançadas na área", disse Navarro.

Segundo ele, um dos objetivos dos países-membros é criar sedes regionais da academia. "O Brasil pleiteia uma dessas sedes regionais, mas a academia foi recém-criada. Por isso, deve demorar um pouco." A organização também conta com o apoio do UNODC (Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime) e é reconhecida pela Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

A academia poderá complementar a assistência técnica fornecida pelo UNODC para a implementação da Convenção da ONU contra a corrupção. Por ter assinado o acordo antes do final deste ano, o Brasil participará da Assembleia de Partes, órgão máximo de direção da organização.

sábado, 18 de dezembro de 2010

15ª Conferência Internacional contra a Corrupção será no Brasil


AMARRIBO assina memorando de compromisso para a organização da 15ª Conferência Anti-Corrupção no Brasil
Não poderia ser melhor a notícia neste final de ano para a AMARRIBO. A entidade assinou ontem, quarta 15, o memorando de compromisso para organizar a 15ª Conferência Internacional Anti-Corrupção, juntamente com o Instituto Ethos e a CGU, que será realizada no Brasil em 2012.

Na foto, da esquerda para a direita: Roberto Rocha Senior Manager de TI, Jorge Sanchez, da Amarribo, Jorge Abrahão Presidente do Instituto Ethos e Caio Magri, executivo do Instituto Ethos.
A Assinatura ocorreu no Instituto Ethos em São Paulo.
O memorando foi assinado pela CGU - Controladoria Geral da União, pelo Ministro Jorge Hage, pela AMARRIBO por seu presidente Jorge Sanchez e pelo Instituto Ethos por seu presidente Jorge Abrahão.
O documento segue para Berlim - Alemanha - para colher a assinatura da Transparência Internacional.
O objetivo desse convênio é a realização da 15ª Conferência Internacional Anti- Corrupção.
Josmar Verillo e Jorge Sanchez, estiveram em Bangcoc - Tailândia durante 14ª Conferência Internacional Anti-Corrupção, onde participaram representantes de 135 países. Na oportunidade o Ministro Jorge Hage, da CGU, discursou representando o Brasil.

Transparência Internacional: O órgão central da TI é o secretariado internacional com sede em Berlim, que coordena a ação de aproximadamente cem capítulos (seções) nacionais. Nasceu na Alemanha em 1993, sob a liderança de Peter Eigen, funcionário aposentado do Banco Mundial, com experiência em projetos de desenvolvimento na África e na América Latina. Inicialmente, uma organização sem fins lucrativos, a TI tem hoje o estatuto de ONG internacional.(Wikpéia)

Fonte: Blog do Ronco - Amarribo

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Rápido como quem rouba


Não é coincidência.

Uma é consequência da outra, causa e efeito da desmoralização: a foto do palhaço de 1 milhão de votos em visita ao seu novo local de trabalho dividindo espaço nas primeiras páginas dos jornais de ontem com o noticiário sobre o aumento de até 149% aprovado pelo Congresso para os parlamentares, ministros e presidente da República.

O problema não é o aumento em si. Salários precisam ser reajustados. Principalmente os de ministros de Estado estavam mesmo defasados: cerca de R$ 10 mil. A questão é a total ausência de bom senso quanto à forma de aprovar - lembrando o dito "rápido como quem rouba" - os porcentuais exorbitantes ante os índices da inflação e a necessidade de contenção de gastos públicos, a indiferença quanto ao resultado disso tudo na relação do Congresso com a sociedade.

Ademais, há sempre a desfaçatez. Suas excelências realmente se lixam para a opinião do público. O último reajuste salarial do Congresso ocorreu em 2007. De lá para cá ocorreram situações que tornam injustificável o aumento de 61,8% para os parlamentares, sendo a mais objetiva a inflação acumulada em menos de 20%. Um terço do porcentual autoconcedido.

Em matéria de privilégio não há nada igual: qualquer pessoa normal recebe aumento por ato de outrem e, em geral, por merecimento ou fruto de negociação. Com o Congresso basta a decisão dos beneficiados, a articulação à sorrelfa e a escolha da data aos sussurros de maneira a pegar todos de surpresa. Em menos de meia hora. "Como quem rouba", reza o dito.

E fizeram assim justamente porque sabiam que haveria reação. Que, se comunicassem antes à sociedade, a pressão contrária deitaria o plano por terra. E por que será? Por pura implicância é que não haveria de ser. Na condição de contratante desse pessoal, o público não tem visto razões de merecimento para dar de bom grado não esse exorbitante, mas qualquer reajuste.

À exceção da aprovação da Lei da Ficha Limpa, o que mais fez o Congresso Nacional nesta última legislatura para atender ao clamor social em prol da melhoria dos costumes na política? Da farra das passagens aéreas à farra das emendas ao Orçamento, o que se viu foi o aprofundamento do fosso em que o Parlamento brasileiro insiste em chafurdar até que um curto-circuito qualquer dê por si um jeito na situação, com o risco de não ser o melhor jeito.

No primeiro escândalo da legislatura, o presidente da Câmara e o presidente do Senado, ambos do PMDB hoje com assento na Vice-Presidência da República, prometeram medidas saneadoras. Não cumpriram - e aí sempre existe a desculpa de que fazem o que "a Casa" quer. Como se tivessem sido eleitos para se comportar como Marias que vão com as outras.

Pior: abandonaram o compromisso de acabar com verbas extras assim que houvesse reajuste salarial. Assim, parlamentares ficam com salários reajustados ao teto do funcionalismo, equiparados aos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal, mais as verbas de gabinete, despesas pagas com passagens, telefone, correio, auxílio-moradia, serviço médico do melhor e semana de três dias úteis.

Isso para dar um vexame atrás do outro e ainda contar com o entusiasmo do palhaço de 1 milhão de votos - "cheguei com sorte!" - e a complacência debochada do presidente da República lamentando que "o Lulinha aqui ó..." tenha ficado de fora da farra. ...................

Dora Kramer - O Estado de S.Paulo

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Da favela à Esplanada

Com sua trajetória, o atual secretário nacional da Reforma do Judiciário nos dá uma verdadeira lição de vida. Acompanhem o depoimento de Marivaldo de Castro Pereira à Folha:

MINHA HISTÓRIA Marivaldo de Castro Pereira, 31 anos
(…) Depoimento a Uirá Machado

Às vezes, voltando da escola com os colegas, eu encontrava meu pai caído no caminho de casa, bêbado. Isso dava muita vergonha.
Meu pai tinha problema com álcool, batia na minha mãe. Ele torrava tudo com bebida e não deixava minha mãe trabalhar. Às vezes a gente tinha que pegar resto de comida no fim da feira.

Tudo isso aconteceu já em São Paulo, mas eu nasci em Brasília. Meus pais são de uma cidade chamada Correntina, no interior da Bahia.
Eles vieram para Brasília em 1977 em busca de emprego, e eu nasci dois anos depois. Meu pai começou a trabalhar como pedreiro. Quando tiveram o quarto filho, a vida ficou difícil, então eles decidiram tentar São Paulo. Eu tinha quatro anos.

Meu pai conseguiu um barraco num terreno em Pirituba [periferia de São Paulo]. Era um barraco mesmo, de madeira, precário. Eu só fui morar numa casa de alvenaria depois que meus pais se separaram e me mudei com a minha mãe para o Jaraguá [também na periferia de SP].

Eu tinha oito anos. Minha mãe começou a trabalhar de diarista para sustentar os quatro filhos. Ela sempre foi trabalhadora e colocava a gente em primeiro lugar.
TRABALHO
Comecei a trabalhar com nove anos, na feira. Foi um período bacana, porque eu tinha autonomia para comprar alguma coisinha.

Eu trabalhava e estudava. Minha mãe nunca admitiu que a gente não estudasse. Todos os meus irmãos conseguiram concluir o ensino superior. Minha mãe é bem orgulhosa — ela só completou ensino básico e médio quando eu já estava na faculdade.
Como eu estudava em escola pública, não tinha perspectiva de entrar em uma universidade. Tinha professor que dizia: “Vai tentar a USP? Esquece, compra um jeans que é mais vantajoso”.

Antes da faculdade, trabalhei numa fábrica de acendedor de fogão, depois como ajudante de pedreiro, como contínuo em uma farmácia, como “boy” interno numa concessionária de veículos.
Foi na concessionária que ouvi falar do Cursinho da Poli [pré-vestibular voltado para alunos carentes]. Trabalhava das 8h à 18h e depois ia para o cursinho. No segundo semestre de 1997, comecei a trabalhar das 6h às 15h. Chegava mais cedo na aula e cochilava um pouco.

Quando veio o vestibular, tomei uma porrada. Não passei, fiquei muito mal. O que me ajudou foi o rap, sobretudo os Racionais MC’s. A música que mais me marcou foi “Negro limitado”.
Para levantar a cabeça, ouvi rap e prometi não dormir mais antes da aula. Eu acordava às 5h30, trabalhava das 6h às 15h, estudava e chegava em casa depois da meia-noite. Foi assim o ano inteiro, mas valeu a pena.

UNIVERSIDADE
Entrar na USP mudou minha vida. Ninguém imagina o que é entrar na universidade pública quando você vem da periferia. É um outro mundo, muitas portas se abrem.
A escolha pelo direito eu fiz no cursinho. Estava em dúvida, porque gostava muito de engenharia mecânica, mas a militância política direcionou minha opção.

Busquei o direito porque achava que poderia ajudar a transformar a sociedade.
Na faculdade, eu me sentia um estranho no ninho, eu tinha preconceito e também sofria preconceito, mas aos poucos fui me enturmando.
A minha turma quis se dar um nome. A gente formou o “100% Favela”, com camiseta e tudo. Não eram todos da favela, só alguns, mas aquilo era legal, era uma provocação para a galera mais esnobe da faculdade. Minha ideia era politizar todo mundo.

Na vida acadêmica, me envolvi com política estudantil e trabalhei assessorando movimento de moradia. Trabalhei com José Eduardo Cardozo, que era vereador [pelo PT] naquela época [agora escolhido para ser ministro da Justiça no governo Dilma].
Ao sair da faculdade, tentei advogar, mas foi um desastre. Eu só advogava para gente pobre e acabava pagando para trabalhar.

Em 2005, voltei para Brasília, onde tudo começou. Quem me chamou foi o Pierpaolo [Bottini], quando virou secretário da Reforma do Judiciário. A gente se conheceu na faculdade, atuando no movimento de moradia.
Assumi o Departamento de Política Judiciária, depois a sub-chefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil e, agora, a Secretaria Nacional da Reforma o Judiciário.

O grande objetivo é aproveitar a experiência que eu tive na Casa Civil e aproximar a política de acesso à Justiça das demais políticas sociais.
A minha história me permite entender o sofrimento das pessoas com pouco dinheiro e compreender que toda política pública precisa levar os mais pobres em consideração. A vida de quem está na pobreza é muito difícil. Quem nasceu com dinheiro nem imagina quanto é difícil.


Conheça um pouco da história incrível desse brasileiro visionário, que além de tudo é poeta. Com vocês nosso querido anjo combatente, Arimatéia Dantas.
Na foto, à esquerda de camisa preta, Francisco de Antonina do Norte, Ceará - viajou 4 dias de onibus para ir a Analândia - também está ameaçado de morte por que denunciou esquema na Câmara Municipal, em que os vereadores são donos dos caminhões pau-de-arara que fazem o transporte de crianças de até dois anos e por conta disso negam autorização ao prefeito para a compra dos onibus do programa "Caminho da Escola". Em primeiro plano, Arimatéia Dantas.


domingo, 12 de dezembro de 2010

Analândia - Dia histórico

Baixe o Adobe Flash Player

Ongs Levam Apoio à Analândia










A emoção tomou conta da pequena cidade de Analândia SP quando mais de 100 membros de Ongs da rede Amarribo/ IFC, de todas as partes do Brasil participaram de um dia de manifestações contra a corrupção: uma incrível carreata seguida de um ato público com a presença de várias autoridades.

Após o almoço, reunião de todas as Ongs para elaboração da Carta de Analândia, que será encaminhada ao Ministério Público, Judiciário, Tribunais de Contas, Controladoria Geral da União em suas instâncias municipais, estaduais e federais.

Encerrando o evento, uma caminhada pela cidade, lavagem das calçadas da Câmara Municipal e da Prefeitura, concentração no calçadão com atividades para as crianças, pintura facial, distribuição de pipoca e algodão doce.

Fotos Sérgio Ronco - Blog do Ronco








quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Ativistas da luta anticorrupção de todo o país se reúnem em Analândia no sábado dia 11/12


Dia Internacional de Combate à Corrupção

Ativistas de organizações não governamentais (ONGs) de combate à corrupção de todas as regiões brasileiras estarão em Analândia/SP neste sábado (11/12). O objetivo é mobilizar e conscientizar a comunidade sobre a importância do controle e fiscalização social da Administração Pública e o direito do povo a um governo honesto, como formas de reduzir os acentuados níveis de corrupção que se observam na cidade e no país.
Analândia tem 4.289 habitantes e 4.860 eleitores (mais eleitores que habitantes) e ganhou o noticiário nacional depois que um vereador foi brutalmente assassinado por denunciar supostos casos de corrupção na Prefeitura local e outro vereador renunciou a presidência da Câmara Municipal e ao mandato temendo, ser a próxima vítima.

A Caravana “Vamos a Analândia” mobilizou militantes do combate à corrupção das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país. O objetivo é mobilizar e conscientizar a população de Analândia de que ela não está sozinha na luta contra a corrupção.

Num ato simbólico, os manifestantes lavarão o passeio em frente à Prefeitura e à Câmara de Analândia. Várias autoridades do judiciário e de órgãos de controle do governo estarão presentes e também estão programadas reuniões com autoridades e com a população.

Ao final do evento, os militantes da luta anticorrupção vão elaborar um documento, denominado “Carta de Analândia”, a ser enviado para autoridades estaduais e federais, inclusive Ministério Público, Governo do Estado, Judiciário, Assembleia Legislativa de São Paulo, Câmara dos Deputados e Senado Federal.

O clima de terror implantado na cidade contrasta com a propaganda oficial. O site da Prefeitura de Analândia menciona “113 anos de paz e muita tranquilidade”. Só neste ano a casa de Sônia Maria Dotta, ex-presidente da ONG Amigos Associados de Analândia (AMASA) foi apedrejada; atiraram ácido no carro da militante Antonia Sodelli Graber; ameaçaram de morte o secretário da ONG, Vanderlei Vivaldini Júnior; assassinaram o vereador Evaldo José Nalin (DEM), atearam fogo em propriedade rural do vereador Rodrigo Balerini (PMDB) e o vereador Leandro Santarpio (DEM) renunciou ao cargo e à presidência da Câmara Municipal, com medo de ser assassinado, além de dezenas de atentados a bomba contra residências e locais de trabalho.

Com 113 anos de emancipação político-administrativa, Analândia, como a maioria dos pequenos municípios brasileiros, nunca recebeu uma fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU) ou do Tribunal de Contas da União (TCU). Apesar de irregularidades verificadas pela população, as contas do município sempre são aprovadas pelo Tribunal de Contas de São Paulo.
Fonte: Blog do Ronco

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Nossos Jovens Pioneiros


Da esquerda para a direita:
Tarcísio (Camarão), Kelly, Gislei, Flavinha, Carlos Henrique.

Guardem bem esses rostos alegres e cheios de esperança. Um dia, Águas da Prata se lembrará deles e da história que está começando a ser escrita. Um país inteligente não abre mão do potencial da sua juventude, uma cidade inteligente sabe do que é capaz um jovem motivado.

Abre-se uma oportunidade única para que nossos jovens deem um salto de qualidade em suas vidas. As perspectivas de crescimento individual e coletivo são enormes.
O que esses cinco pioneiros vão oferecer, através do Projeto Coletivo Ativista? Formar cidadão conscientes e ativos que receberão cursos de liderança, empreendedorismo, auto-conhecimento, aumento da auto-estima, alguns cursos profissionalizantes ainda em estudo, preparar grupos para atuar em várias áreas da cidade: turismo, meio ambiente, cultura (música e teatro), esporte, arte, projetos sociais e o que mais aparecer.
É urgente que se desenvolva nas nossas crianças e jovens, amor e respeito pela nossa cidade, pela sua história, pelo patrimônio que nos foi dado pela natureza e o que foi construído pela mão de nossos antepassados.
Que eles sintam orgulho de sua cidade, que aprendam a cuidar dela com carinho e estejam dispostos a defedê-la se for preciso.

O que eles esperam? O apoio de toda a sociedade, do executivo, do legislativo, da sociedade civil organizada e da população. Esperam, principalmente, a adesão de todos os jovens de Águas da Prata que são a maior senão a única razão desse trabalho.
Parabéns, moçada, o futuro já chegou!

Projeto Coletivo Ativista inicia formação de jovens

Projeto Coletivo Ativista inicia formação de jovens

A incidência política e a melhoria da qualidade de vida através da mobilização dos jovens é o objetivo do Projeto Coletivo Ativista. Os desenvolvedores são Amarribo Júnior, Rede "Sou de Atitude" e Oficina de Imagens, apoiados pela Fundação AVINA.

O 1º encontro aconteceu no último sábado, 04/12 onde cerca de 30 jovens, entre 15 e 29 anos, puderam conhecer melhor a iniciativa e também, sobre a orientação de Nicole Verillo, presidente da AMARRIBO Junior, tiveram a oportunidade de se inteirarem sobre a construção da democracia participativa no Brasil, as juventudes no processo histórico e a implementação de políticas públicas.

Nesta primeira etapa, moradores de 5 cidades do interior de SP, Águas da Prata, Analândia, Bauru, Marília e Ribeirão Bonito, se apresentaram e esboçaram um breve contexto histórico das cidades participantes.

Algumas já contam com o apoio de ONGS, como é o caso da MATRA (Marília Transparente) que defende o comprometimento dos poderes públicos com as reais necessidades da população.

Em Analândia a ONG AMASA também realiza trabalho na fiscalização dos poderes públicos e conscientização dos cidadãos quanto aos seus direitos. Para Sabrina Vivaldini, voluntária, o Coletivo Ativista será de extrema importância para sua cidade devido ao distanciamento e desinteresse dos analandenses nas esferas públicas. "Aplicando o projeto em Analândia daremos coragem aos jovens que ainda têm medo de se meter com política", frisa.

Já em Águas da Prata, com aproximadamente 8 mil habitantes quem atua é a ONG Guará. Para realização do Coletivo Ativista a cidade contará com o engajamento de 5 jovens que estão dispostos a fazer a diferença. Mas segundo Átila Kelly, integrante do projeto, para conseguirem fazer um bom trabalho precisarão do apoio de outros jovens além da colaboração das ONGS.

"A filosofia do Coletivo Ativista segue a mesma linha do nosso grupo AGR (Ação, Gestão e Responsabilidade) e da BATRA (Bauru Transparente), e por esse casamento que deu certo, acredito que o resultado será muito produtivo para nossa cidade", diz Taís Capellini, voluntária.

Ribeirão Bonitão não ficará de fora. A cidade sede dos encontros conta com os integrantes da AMARRIBO Júnior que não medirão esforços para a realização bem sucedida do Coletivo Ativista. "O projeto é um desafio que temos que fazer dar certo, para criar mais rede de jovens se integrando, e também para que as pessoas cresçam, assim como aconteceu com os membros da AMARRIBO Júnior", diz Verillo.
Como funciona o projeto

Durante toda a programação do 1º encontro os jovens interagiram e se sentiram à vontade. Mas, enquanto eram apresentados áudios sobre a história de jovens e vídeo como o de José Saramago sobre o valor de se debater o termo democracia, a atenção era 100%, pois sabiam da importância de tais conteúdos para a formação e ampliação da competência para o exercício do controle social.

O objetivo do 2º encontro, que contará com a presença de um representante da AVINA, é de já produzir um roteiro de monitoramento para que o jovem comece a atuar na sua cidade.
E para o 3º encontro, ficará o plano de incidência no foco escolhido pelo grupo, o qual será construído durante todo o processo de desenvolvimento do projeto a partir do conhecimento acumulado dos integrantes. Já nos últimos encontros, os jovens visitarão, em dia de sessão, a Câmara de Vereadores de suas cidades para que o grupo entre em contato com a dinâmica de funcionamento e organização de um legislativo municipal.

Por fim, com o apoio da AMARRIBO Júnior serão executados os planos de incidência e, em seguida avaliado os resultados em cada cidade para que possam ser compartilhadas as experiências a fim de dar continuidade as ações.

Lírian Pádua

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Da página do Paulo Teixeira no Facebook

Paulo Teixeira : Brasil alcançará meta de redução do desmatamento antes de 2020, diz Lula http://bit.ly/fFPlCi
Comentários para reflexão:
"Esse é o sonho de um Brasil que não apenas prega políticas sustentáveis , mas que melhora a vida das pessoas (desenvolvimento humano), de todas as pessoas (desenvolvimento social),das que estão vivas hoje e das que viverão amanhã (desenvolvimento sustentável)." (Carmem Tavares Christovam)

"Muito bem Carmem. Boa contextualização. O primeiro passo para isso é buscarmos uma economia de baixa emissão de carbono. A idéia de que é preciso conservar a natureza vem desde Lavoisier. Sonhamos com esse modelo: crescimento moderado, desenvolvimento social repleto, amplo, total, inclusivo e respeito ao meio ambiente." (Marcus Eduardo Oliveira)

"É preciso criar novas iniciativas de resgate social . Se nós,juntamente com nossos governante, do nosso estado ou do nosso país, dispuséssemos de verdadeiros empreendedores sociais vocacionados em seus quadros, dirigentes capazes de articular e fazer convergir interesses e opiniões contraditórios em torno de projetos inovadores com fins de benefícios sociais. Essa é a grande sacada. A idéia das redes." (Carmem Tavares Christóvam)

"As redes sociais...bem ao estilo do que preconiza Manuel Castells...Estamos de acordo: promover o envolvimento do maior número possível de adeptos...buscar um modelo de cooperação que, para mim, se traduz em somar e incluir, trocando a dinâmica da competição (sempre desleal e imperfeita) que se traduz em subtrair e excluir." (Marcus Eduardo Oliveira)

9 de dezembro - Dia Nacional de Combate à Corrupção


sábado, 4 de dezembro de 2010

Direto de Ribeirão Bonito




Seis e meia da manhã, tempo nublado, turminha reunida e pé na estrada, viagem tranquila - só a Flavinha que não parou de falar um minuto.Chegamos por volta de 9 horas e logo ficaram conhecendo o pessoal de Analândia, Ribeirão Bonito, Bauru e Marília - muitos abraços alegres e fraternos.
Muita informação vai rolar e estão todos bem animados com a perspectiva de levar as suas cidades novos olhares sobre velhos problemas.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O que você tem a ver com a corrupção

Mais alguns eventos programados para o Dia Nacional de Combate à Corrupção:

1 - SANTA CATARINA
Dia internacional contra a corrupção
No Dia Internacional Contra a Corrupção, 09/12, a Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC fará uma cerimônia a fim de comemorar as ações de combate à corrupção realizadas no estado. O evento conta com a palestra “O que você tem a ver com a corrupção?” proferida pelo Promotor de Justiça Affonso Ghizzo Neto e mesa-redonda com a mesma temática. A Comissão de Ética da universidade também apresentará o anteprojeto “O sentido da ética na UFSC” e lançará o concurso de monografias com o mesmo tema.

Fará parte do evento a premiação dos ganhadores do 4º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria Geral da União em Santa Catarina, que este ano teve seis ganhadores no estado.
No período da manhã será realizada uma panfletagem no Terminal Urbano do Centro de Florianópolis. A ação será promovida pela CGU/SC em parceria com o Ministério Público de SC – MPSC e Tribunal de Contas do Estado – TCE, dentre outros.

A cerimônia na UFSC terá início às 14h na Sala dos Conselhos da Reitoria – Hall da Reitoria. Estarão presentes o chefe da CGU/SC, Marcelo Campos da Silva, o procurador do MPSC, Ricardo Paladino, o presidente da Comissão de Ética da UFSC, professor Paulo Roney e o procurador do MP junto ao Tribunal de Contas do Estado – TCE, Diogo Roberto Ringenberger.
O Dia Internacional Contra a Corrupção foi instituído há 7 anos, na cidade de Mérida, no México, quando diversos países assinaram a Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção. O objetivo era fortalecer a cooperação internacional para ampliar a prevenção e o combate à corrupção no mundo todo. No Brasil, é a Controladoria-Geral da União (CGU) que acompanha a implementação da Convenção e de outros compromissos internacionais assumidos pelo País, que tenham como objeto a prevenção e o combate à corrupção.

Este ano o Dia Internacional será promovido em Santa Catarina pela parceria da CGU, MPSC, TCE, Ministério Público do Trabalho, Fundação Casan - Fucas, Instituto Consciência e Cidadania, Associação dos Tribunais de Conta - Atricon, Receiba Federal do Brasil - RFB, Escritório Central de Arrecadação e Distibuição de Direitos Autorais – ECAD e Secretaria Estadual da Fazenda/ DIAG.

ATO SOLENE DO DIA 09/12/2010: Dia Internacional Contra a Corrupção


PROGRAMAÇÃO

Evento: “O que você tem a ver com a corrupção?”

Data: 09 de dezembro de 2010Horário: 14h às 19h
Local: Sala dos Conselhos / Piso térreo do Prédio da Reitoria 14:00h
Cerimonial de abertura

14:30h
Palestra “O que você tem a ver com a corrupção?”
Palestrante: Afonso Ghizzo Neto – Promotor de Justiça do Ministério Público

15:30h
Mesa-Redonda – Tema: “O que você tem a ver com a corrupção?”
Participantes:
Marcelo Campos da Silva – Representante da Controladoria Geral da União
Ricardo Paladino – Representante do Ministério Público do Estado de SC
Darlei Dall'Agnol - UFSC – Departamento de Filosofia/CFH
Coordenador: Paulo Roney Ávila Fagundez – Comissão de Ética Pública da UFSC

16:30h
Intervalo (coffee break)

17:00h
Apresentação do anteprojeto da Comissão de Ética Pública “O sentido da ética na UFSC”

17:30h
Lançamento do Concurso de Monografia “O sentido da ética na UFSC”

18:00h
Premiação do 4º Concurso de Desenho e Redação da CGU

18:30h
Encerramento

Comissão Organizadora
Universidade Federal de Santa Catarina – Comissão de Ética Pública

Apoio
Associação dos Membros dos Tribunais de Contas- ATRICON
Controladoria-Geral da União - CGU
Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – ECAD
Fundação Casan - FUCAS
Instituto Consciência e Cidadania – ICC21
Ministério Público do Estado de Santa Catarina – MPSC
Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina – MPT-SC
Observatório Social Florianópolis - OSF
Receita Federal do Brasil – RFB
Secretaria de Estado da Fazenda - SC – SEF/DIAG
Tribunal de Contas da União - TCU
Tribunal de Contas de Santa Catarina – TCE SC

2 - PARANÁ
Dia internacional contra a corrupção
O Dia Internacional Contra a Corrupção, 09/12, no Paraná, será marcado por um evento que será realizado no próximo dia 17/12, junto ao Ministério Público local. O evento conta com a palestra “O que você tem a ver com a corrupção?” proferida pelo Promotor de Justiça Affonso Ghizzo Neto e mesa-redonda com diversos participantes.
Maiores informações no site do MPPR
http://www.facebook.com/l/e5005xpOd7wEJ0uOHeSXAxlpX6Q;www.mp.pr.gov.br
3 - RIO GRANDE DO SUL
Dia internacional contra a corrupção
Evento CORRUPÇÃO: Diversos Olhares ultrapassa o número de 300 inscritos
Com a participação do Governador eleito; do ex-comandante do BOPE do RJ, Rodrigo Pimentel, que abordará o conteúdo corrupção a partir do "Tropa de Elite 2"; do ator Global Werner Schünemann que falará sobre a corrupção e o papel da cultura; detre outros especialistas na temática (confira o cartaz e o folder do evento em anexo).
O ato se insere na campanha nacional do MP denominada “O que você tem a ver com a corrupção?”. As inscrições são limitadas e gratuitas.
Confira a programação:
http://www.facebook.com/l/e5005MoJ_HXlQZ0hdeYAYsBkqpg;www.programagestaopublica.com.br/site/pd...f/folderprogramacao.pdf
4 - MATO GROSSO DO SUL
Dia internacional contra a corrupção
Rede de Controle da Gestão Pública promove campanha de combate a corrupção
Uma iniciativa do Projeto O que você tem a ver com a corrupção?
De 06 a 09 de Dezembro próximo, os 14 órgãos integrantes da Rede de Controle da Gestão Pública promovem uma campanha nacional de combate a corrupção. Além de entrevistas na imprensa, com dirigentes destes órgãos, seus organizadores promovem oficinas junto aos técnicos para discutir e apresentar casos concretos de como alguns gestores públicos tentaram burlar a fiscalização e os mecanismos utilizados para detectar essas tentativas.

Em Mato Grosso do Sul, serão realizadas oficinas na sede da Escola Superior de Controle Externo do TCE/MS (Escoex) e no SEBRAE. Aproximadamente 40 agentes públicos dos Órgãos que compõem a Rede de Controle da Gestão Pública no Estado de Mato Grosso do Sul, e que realizam auditorias, discutirão sobre as irregularidades e impropriedades constatadas nas licitações e contratos, com vista a aprimorarem suas atuações.

Os organizadores também irão promover uma mobilização para a Importância do Combate à Corrupção por todos, com fixação de cartazes da campanha em ônibus urbanos.
Também será impresso anúncio gratuitamente nos jornais locais com as informações da campanha. A proposta é sensibilizar a população para o seu papel no combate à corrupção e informar os mecanismos para esta atuação, colocados a sua disposição pelos órgãos de controle.
Confira:
http://www.facebook.com/l/e5005Am2ed2p4reXhJ_oNx6s6fQ;www.pantanalnews.com.br/contents.php?CID=64216

5 - RONDÔNIA
Dia internacional contra a corrupção
Evento contará com a participação do Governador eleito. A mobilização faz parte da campanha nacional do MP denominada “O que você tem a ver com a corrupção?”. Saiba mais:
http://www.facebook.com/l/e5005_i4cPR21zoiQFfJGU8zDkg;www.mp.ro.gov.br

6 - ESPÍRITO SANTO
Dia internacional contra a corrupção
Além do lançamento da exposição fotográfica nacional O QUE VOCÊ TEM A VER COM A CORRUPÇÃO? será realizada uma grande mobilização pública e educativa com a participação de atores globais. Maiores informações com o COORDENADOR NACIONAL DO PROJETO, Dr. Sérgio Machado Dário.


7 - OUTROS ESTADOS E DF
Dia internacional contra a corrupção Também realizarão ações para marcar a data. Maiores informações com o COORDENADOR NACIONAL DO PROJETO, Dr. Sérgio Machado Dário, ceaf@mpes.gov.br

















































quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Desrespeito!

Mesmo para quem não tem nenhum tipo de deficiência física, muitas vezes, as dificuldades são imensas. Imagine para um deficiente, como é angustiante precisar usar um sanitário público e o mesmo estar com sua vaga para deficiente servindo de depósito.
Acreditem ou não, esta é a realidade do banheiro público de São João. Descaso total!
Depois de feita a denúncia, pelo jornal O Município, os produtos de limpeza foram retirados mas, o banheiro continua sem porta.

Quer dizer: Como diz o Ignácio é um absurdo, um abcego e um abmudo.

Fonte: Ignácio Garcia Junior

O Município

Aprendizado


O MENESTREL por Impact no Videolog.tv.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Coletivo Ativista terá início no próximo sábado

No próximo sábado, dia 04/12, começa o processo de formação de jovens do Projeto Coletivo Ativista, promovido pela Amarribo Jr. e patrocinado pela Avina. São parceiros desse projeto a Rede Sou de Atitude e a Oficina de Imagens.
Irão participar jovens de Águas da Prata, Analândia, Bauru, Marília e Ribeirão Bonito - SP. O projeto acontece simultaneamente em São Paulo, Minas Gerais e cidades do nordeste e terá a duração de um ano.

O objetivo geral do projeto é mobilizar, articular, formar e capacitar jovens para a incidência de políticas buscando a melhoria da qualidade de vida em suas cidades.

Em Águas da Prata, além do objetivo geral, há o objetivo específico do grupo: desenvolver ações que transformem a realidade dos jovens da cidade que, capacitados, possam se tornar atores na construção do seu próprio futuro com a implantação de cursos, atividades culturais, auto-conhecimento, empreendedorismo e aumento da auto-estima.

Neste primeiro encontro será discutido “Juventude, Política, Democracia e Participação”.

A GUARÁ, através do Blog Prata Rainha manterá a todos informados sobre esse projeto inédito e tão importante para todos os jovens de Águas da Prata. Em breve fotos dos pioneiros e o nome do movimento de Águas da Prata.

Justiça Eleitoral julga registro de candidatura de Paulo Maluf


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga nesta terça-feira o registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP).

Ele recebeu cerca de 500 mil votos no primeiro turno e estaria reeleito, mas como teve a postulação barrada com base na Lei da Ficha Limpa, sua votação foi considerada sem validade.

O relator do processo no órgão, ministro Marco Aurélio Mello, já havia negado a liberação do registro em decisão no dia 15 de outubro, argumentando que Maluf tinha perdido o prazo para recorrer no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). No julgamento desta noite, o que deve ser apreciado é a aplicabilidade da norma nas eleições deste ano.

O parlamentar teve a candidatura negada por causa de uma condenação na Justiça referente ao período em que foi prefeito de São Paulo, no fim da década de 1990. Os defensores jurídicos do parlamentar alegam que ele ainda tem direito a recurso em tribunal colegiado. Por enquanto, Paulo Maluf está impedido de ser diplomado e tomar posse.

País não protege 22% das florestas públicas


Cadastro nacional de 2010 revela que 64 milhões de hectares - a maior parte na Amazônia - estão sujeitos à grilagem
30 de novembro de 2010
Andrea Vialli - O Estado de S.Paulo

O Brasil possui 64 milhões de hectares de florestas sujeitas à grilagem, a maior parte na Amazônia. A área, que equivale a duas vezes e meia o Estado de São Paulo, representa 22% do total de florestas públicas no País. São terras públicas sem uso regulamentado, ou seja, não acomodam assentamentos, terras indígenas nem unidades de conservação.

O dado faz parte do Cadastro Nacional de Florestas Públicas 2010. O levantamento foi realizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão do governo responsável pela gestão de florestas da União e concessões florestais - modalidade em que áreas de florestas públicas são licitadas para manejo de madeira e outros produtos florestais.

O Brasil possui 290 milhões de hectares de florestas públicas cadastradas pelo SFB, número 21% maior do que o registrado no último cadastro, de 2009. Porém, não houve criação de novas áreas, e sim melhorias no processo de cadastramento das áreas, explica o diretor-geral do SFB, Antônio Carlos Hummel. "Estamos conhecendo quais são e onde estão nossas florestas", diz.

Segundo Hummel, as florestas públicas que já foram destinadas a algum uso são maioria e contam 226 milhões de hectares. As terras indígenas somam 111 milhões de hectares, seguidas pelas unidades de conservação, com cerca de 105 milhões de hectares, sendo 60% federais e 40% estaduais. Os assentamentos públicos da reforma agrária ocupam 10 milhões de hectares.

Amazônia. O governo defende que parte dessas áreas seja convertida em novos locais para concessão florestal, o que evitaria a ocupação desordenada e a grilagem. Só o Amazonas possui 43,6 milhões de hectares de florestas nativas não destinadas.

As primeiras concessões para exploração controlada de madeira na Amazônia saíram este ano. "Desses 64 milhões de hectares de florestas sem uso regulamentado, pelo menos 10 milhões podem ser transformados em áreas de concessão", afirma Hummel.

De acordo com André Carvalho, pesquisador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas, o manejo sustentável de florestas pode, ao lado de investimentos em energia renovável, permitir ao País cumprir as metas climáticas firmadas em Copenhague
.

domingo, 28 de novembro de 2010

BLOG UNIDOS POR ANALÂNDIA: Quiosques da Praça de Analândia, qualidade duvidos...

BLOG UNIDOS POR ANALÂNDIA: Quiosques da Praça de Analândia, qualidade duvidos...: " Veja a coluna de sustentação, está seccionada, o que compromete a segurança da obra. A coluna aqui está fora de prumo, aliás é uma ferra..."

Maria Isabel Pereira lança livro sobre Terceiro Setor

SMPP faz lançamento de livro durante a II ONG Brasil

Entre os dias 25 e 27 de novembro, acontece a segunda edição da ONG Brasil. O evento, que é organizado pela UBM Brasil será realizada no Expo Center Norte, localizado na Zona Norte de São Paulo. A II ONG Brasil conta com o apoio da Secretaria de Participação e Parceria (SMPP), que terá um estande permanente durante os três dias expondo os trabalhos realizados por todas as coordenadorias que integram a pasta, além da comercialização de artesanatos.
Durante o dia de abertura do evento, a SMPP também faz o lançamento do livro “I ONG Brasil – Os sonhos e Desafios da Parceria entre o Poder Público, a Iniciativa Privada e o Terceiro Setor”. A presente edição retrata as experiências e as principais discussões que aconteceram durante a primeira edição da feira. O livro destaca ainda a participação das organizações sociais na elaboração das plenárias e no fórum.

Um dos destaques da primeira edição foi o número de palestrantes que reuniu. Ao todo foram 110 convidados, entre pesquisadores, gestores de ONGs, empresários e profissionais do Terceiro Setor, que, gratuitamente, cederam seu tempo para refletir sobre a atuação do Terceiro Setor.

“No fundo o livro é um registro e uma homenagem a estes profissionais que pensam o Terceiro Setor e que , no dia-a-dia, transformam a vida das pessoas”, afirma a jornalista Maria Isabel Pereira, autora do livro.

O lançamento acontece no dia 25, às 17 horas na Sala Vip do Expo Center Norte e engrandece ainda mais a iniciativa do ano passado que atraiu cerca de dez mil pessoas. Após a cerimônia, a publicação será distribuída gratuitamente aos participantes e também em arquivo digital no site da SMPP. A repercussão foi tão significativa que a ONG Brasil foi incorporada ao calendário internacional da UBM e em março de 2011 será realizada em Londres na Inglaterra.
Além do apoio da Secretaria de Participação e Parceria, a realização do II ONG Brasil tem como parceiros o Expo Center Norte, o Centro de Voluntariado de São Paulo e o Made in Forest . A edição desse ano conta com plenárias, minicursos e debates sobre a temática do Terceiro Setor, durante os três dias de evento.

O ONG Brasil é feira voltada principalmente para gestores do Terceiro Setor; representantes da área de Responsabilidade Social, Gestão Ambiental, Marketing e outras áreas correlatas de organizações do Primeiro e do Segundo Setores; profissionais de empresas que ainda não têm uma política de Responsabilidade Social e estão definindo o foco a ser adotado; empresários e outros profissionais.

Apesar da segmentação, no último dia do evento, a II ONG Brasil será aberta ao público geral que poderá ter acesso aos estandes das organizações expositoras, para conhecer o trabalho das organizações e antecipar compras de Natal.

Serviço:
II ONG Brasil
Data: 25 a 27 novembro de 2010Horário: 25 e 26/11 – Exposição: das 13h às 20h / Congresso: das 10h às 18h e 27/11: das 10h às 17hOnde: Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, localizado na Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme.

sábado, 27 de novembro de 2010

Brasília terá corrida contra a corrupção

Com objetivo de sensibilizar a sociedade brasileira de forma lúdica, o projeto “Venceremos a Corrupção” realiza, no dia 12 de dezembro, uma corrida em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, em uma tentativa de estimular a população a cobrar a transparência da aplicação do dinheiro público.

Essa será a primeira ação do projeto, que é formado por quatro entidades: Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Contas Abertas, Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e Comunidade de Inteligência Policial e de Análise Evidencial (Cipae).

A corrida acontecerá em um domingo (12/12) a partir das 9h.
Este é apenas o primeiro evento. O ‘Venceremos a Corrupção’ tem em vista o Ficha Limpa, por exemplo, toda essa mobilização que o Brasil está atravessando”, explicou Duque Dantas, um dos idealizadores do projeto.

Servidor público, Dantas é voluntário no IFC e no Cipae e a partir de contatos com diretores do MCCE e do Contas Abertas articulou o “Venceremos a Corrupção”.

O projeto é recente. O primeiro evento será a corrida em dezembro. Mas para o ano que vem, já são estudadas ações específicas: “Queremos fortalecer o índice de transparência. Já é obrigado por lei que municípios de no mínimo 50 mil habitantes tenham um portal de transparência em seu site. O projeto pretende mobilizar a sociedade para que todos esses municípios sejam cobrados pela sua própria população”, disse.

“Outra ação é capacitar as entidades organizadas para saber exatamente o que cobrar da prefeitura quanto à transparência e anticorrupção. Se eu sou um cidadão leigo no assunto, como vou me capacitar para cobrar, denunciar, etc? É nisso que queremos trabalhar”, completou. Segundo ele, o IFC já trabalha com ONGs municipais que, entre outras atividades, trabalham na capacitação da população nesse sentido. 112 ONGs são vinculadas ao Instituto.

Saiba mais sobre a corrida e faça sua inscrição acessando:

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

“Seja você a mudança que quer ver no mundo”.

Semana Internacional Contra Corrupção 06 a 12 de Novembro de 2010

A semana acontece após o encerramento da Conferencia Internacional Contra Corrupção (14ª IACC), que terminou ontem em Bangkok na Tailandia, com 1200 participantes do mundo todo.
Teve a participação brasileira do Ministro Jorge Hage, da diretora Dra Vania Vieira da CGU, dos presidentes do Conselho e Executivo da Amarribo Josmar Verillo e Jorge Sanchez, de Caio Magri do Instituto Ethos.
A Conferencia acontece a cada 2 anos. A de 2008 foi em Atenas na Grécia e o Ministro Jorge Hage anunciou que a Conferencia de 2012 será no Brasil.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO E DETALHES ABAIXO

Paraíba

07 a 09/12/2010- 09 às 17 h - João Pessoa - Abertura da Feira

08/12/2010 - 09 às 17 h - Guarabira

09/12/2010 - 09 às 17 h - Campina Grande - Praça da Bandeira

- Cabedelo também terá programação

São Paulo

11/12 - Analândia - As 192 Ongs da Rede Amarribo estarão representadas em ato contra corrupção, ameaças a integridade física e morte de vereador de Analândia e outras Ongs da rede.
A indignação toma conta das Redes de Controle Social, que neste ano, resolveu comemorar o Dia internacional Contra a Corrupção no dia 11/12/2010 na cidade de Analândia com programação das 10 às 17 horas com Ato de Desagravo, contra a morte do Vereador Nalim, assassinado há um mês porque investigava e denunciava indícios de corrupção em sua cidade.

Distrito Federal

12/12 – Brasília – Corrida “Venceremos a Corrupção”

PARAIBA

FOCCO-PB e ONGs promoverão circuito de comemorações no Dia Internacional Contra a Corrupção As atividades acontecerão de 07 a 09 de Dezembro em João Pessoa, Guarabira e Campina Grande.

Rondônia

"I Corrida com o MP por uma causa", a ser realizada no dia 05.12 em Rondônia. Inscrições entre os dias 16 a 30 de novembro. PARTICIPE! Uma realização do MP de Rondônia: Coordenação da Campanha "O que você tem a ver com a corrupção?".

Brasília

Brasília vai sediar a 1ª Corrida contra a Corrupção, em dezembro – 12/12/2010
Com objetivo de fortalecer a luta contra a corrupção no Brasil e comemorar o dia mundial de combate à corrupção, no próximo dia 9 de dezembro será realizada em Brasília, no domingo dia 12 de dezembro de 2010, a 1 Corrida contra a Corrupção.

O evento terá largada e chegada na Esplanada dos Ministérios e pretende deixar marcada na sociedade a necessidade da união de todos contra a corrupção, corruptos e corruptores.

A corrida é uma realização das Organizações Não Governamentais: MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral), Contas Abertas, o IFC (Instituto de Fiscalização e Controle e a Cipae (Comunidade de Inteligência Policial e Análise Evidencial) em parceria com várias outras entidades.

O evento está sendo formatado para três percursos diferentes. Os participantes poderão optar pelo circuito de 10km com largada na Esplanada dos Ministérios subindo até o Memorial JK e retornando à Esplanada para a bandeirada final, como também pela prova de 5Km que faz a volta na Rodoviária do Plano Piloto e retorna para a Esplanada.

A terceira opção será uma caminhada de aproximadamente 1.500 metros, que visa reunir adultos e crianças em uma confraternização que tem por objetivo mostrar que a sociedade tem que continuar mobilizada para combater a corrupção em todos os níveis.

O evento deverá abrir suas inscrições na próxima semana com número limite de participantes e premiará todos que cruzarem a linha de chegada com medalhas de participação além de troféus e medalhas para os primeiros colocados em cada categoria.



Dois homicídios abalam Águas da Prata

Baixe o Adobe Flash Player

domingo, 21 de novembro de 2010

Tribunal de Contas, não aprova contas de 2008

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

GABINETE DO CONSELHEIRO ANTONIO ROQUE CITADINI

P A R E C E R TC-001917/026/08

Município: Estância Hidromineral de Águas da Prata.
Assunto: Contas anuais do exercício de 2008.
Prefeito: Wanderley Valente Jordon.

EMENTA: Município: Estância Hidromineral de Águas da Prata.
Ensino: 24,31%.
Precatórios: não pagamento.
Déficit orçamentário: 10,91%.
Desatendimento ao contido nos artigos 212 da Constituição Federal e 42 da Lei de
Responsabilidade Fiscal.
Contas anuais do exercício de 2008. Parecer desfavorável à aprovação das contas da Prefeitura.
Votação unânime.

Vistos, relatados e discutidos os autos do processo TC-001917/026/08.
Considerando o que consta do Relatório e Voto do Relator, juntados aos autos, a E. Primeira Câmara, em sessão de 28 de setembro de 2010, pelo Voto dos Conselheiros Antonio Roque Citadini, Relator, Cláudio Ferraz de Alvarenga, Presidente, e Eduardo Bittencourt Carvalho, decidiu emitir parecer desfavorável à aprovação das contas da Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Águas da Prata, exercício de 2008, acolhendo as recomendações de fls. 161 e 167, as quais deverão ser endereçadas por ofício.

Determinou, por fim, comunicação ao Ministério Público, para adoção de medidas pertinentes à sua alçada, ante o descumprimento do artigo 212 da Constituição Federal.

Publique-se.
São Paulo, 13 de outubro de 2010.

CLÁUDIO FERRAZ DE ALVARENGA - Presidente
ANTONIO ROQUE CITADINI - Relator

Receba esse abraço




RIO - O Cristo Redentor "fechou" os braços, num abraço simbólico ao Rio de Janeiro, algumas semanas atrás.
O efeito - uma ilusão de ótica provocada por projeção de luzes e imagens - faz parte da campanha "Carinho de Verdade", de combate à violência e exploração sexual de crianças.
Para simular o abraço, o cineasta Fernando Salis usou oito projetores, que cobriram a estátua com imagens do Rio, como sobrevoos de asa-delta, as florestas e até mesmo o trânsito.

Ao som de Bachianas Brasileiras n.º 7, de Villa Lobos, e com animação em 3D, a estátua parece fechar os braços.

sábado, 20 de novembro de 2010

Blog do Luciano: DEU NO COLUNÃO DO MANTIQUEIRA

Blog do Luciano: DEU NO COLUNÃO DO MANTIQUEIRA: "Sollus - Depois dos 11 processos que estão sendo apurados pela Polícia Civil, por suspeita de mau uso de dinheiro público, agora é a vez da ..."

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Informação é poder

ACM Jr. Assume Relatoria do Projeto de Lei de Acesso na CCT

Em 17 de novembro, o senador Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM-BA) recebeu a relatoria do projeto de lei que regulamenta o direito à informação pública. Na função, ele deve apresentar um parecer sobre o projeto à Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), que votará a matéria.

Antônio Carlos Júnior é o segundo relator do projeto na CCT. Seu antecessor, José Bezerra (DEM-RN) era suplente do senador José Agripino (DEM-RN), que retornou ao Senado, obrigando a comissão a redistribuir a matéria. Depois de aprovada na CCT, a proposta ainda passará pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e o Plenário do Senado.

O projeto trata da regulamentação do direito de acesso à informação, garantido pelos artigos 5º e 37 da Constituição Federal e por tratados internacionais de direitos humanos ratificados pelo Brasil. A proposta obriga União, estados, municípios e Distrito Federal a garantir o direito de acessar informações públicas com procedimentos objetivos e ágeis e em linguagem de fácil compreensão.

O projeto de lei que tramita no Senado é o texto final aprovado pela Câmara dos Deputados em abril deste ano, após uma série de debates e audiências públicas ao longo de 2009, que envolveram sociedade civil e setores do Estado. Por ser resultado de um processo participativo e representar um grande avanço para o direito à informação no Brasil, a ARTIGO 19 defende a aprovação integral da proposta pelo Senado.

Antônio Carlos Júnior é o segundo relator do projeto na CCT. Seu antecessor, José Bezerra (DEM-RN) era suplente do senador José Agripino (DEM-RN), que retornou ao Senado, obrigando a comissão a redistribuir a matéria. Depois de aprovada na CCT, a proposta ainda passará pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e o Plenário do Senado.
O projeto trata da regulamentação do direito de acesso à informação, garantido pelos artigos 5º e 37 da Constituição Federal e por tratados internacionais de direitos humanos ratificados pelo Brasil. A proposta obriga União, estados, municípios e Distrito Federal a garantir o direito de acessar informações públicas com procedimentos objetivos e ágeis e em linguagem de fácil compreensão.

O projeto de lei que tramita no Senado é o texto final aprovado pela Câmara dos Deputados em abril deste ano, após uma série de debates e audiências públicas ao longo de 2009, que envolveram sociedade civil e setores do Estado. Por ser resultado de um processo participativo e representar um grande avanço para o direito à informação no Brasil, a ARTIGO 19 defende a aprovação integral da proposta pelo Senado.
Fonte: Artigo 19

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Sidney Beraldo é Secretário da Casa Civil


O deputado estadual Sidney Beraldo (PSDB) será o secretário pela Casa Civil na gestão do governador eleito por São Paulo, Geraldo Alckmin, conforme anunciado na tarde desta terça-feira, em coletiva de imprensa em um prédio no centro da cidade.

Bem cotado para chefiar a pasta antes do anúncio oficial, Beraldo é um dos nomes fortes da equipe de transição do governo paulista. O ex-secretário de Gestão Pública, ao longo da campanha, tornou-se um dos auxiliares mais próximos de Alckmin.

OUTRAS SECRETARIAS
O coronel Admir Gervásio Moreira assumirá o posto máximo da Casa Militar. Atual Corregedor da PM, ele substituirá o coronel da PM Luiz Massao Kita.
Indicada na gestão de José Serra, antigo desafeto de Alckmin, a médica Linamara Rizzo Battistella continua à frente da Secretaria de Direitos da Pessoa com Deficiência.
Outro médico a ocupar uma das secretarias do tucano eleito é Giovanni Cerri. Ele, diretor da faculdade de Medicina da USP e do Instituto do Câncer Octavio Frias de Oliveira, chefiará a pasta de Saúde a partir de 1º de janeiro, no lugar de Nilson Ferraz Paschoa.

Transparência Maranhão: Boa prática de controle social no Maranhão

Transparência Maranhão: Boa prática de controle social no Maranhão: "Como é do conhecimento de muitos, os municípios maranhenses possuem pouca receita própria, dependendo fundamentalmente de transferências do ..."

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Irmão de ex-prefeito Beto Perin é preso em Analândia




Foi preso em Analândia, nesta tarde de quarta 10, por volta das 14h00, Luiz Carlos Perin, conhecido como Chiba, irmão do ex-prefeito Beto Perin .


De acordo com o delegado Marcos Fuentes, ele foi preso por estar atrapalhando as investigações do caso do assassinato do vereador Evaldo José Nalin, assassinado há exatos 31 dias.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Águas da Prata e os jovens pioneiros.


Novos tempos para Águas da Prata, pelas mãos da juventude. Será um grande salto de oportunidades, qualidade e realizações para os jovens e para a cidade.
Foram escolhidos 5 jovens, de grande potencial para relizar esse desafio: Mudar a realidade da juventude em Águas da Prata, olhar o futuro com olhos de esperança, quando deixarão de ser plateia para serem atores do seu próprio destino.

A AMARRIBO Júnior dará inicio nesse mês ao Projeto Coletivo Ativista de formação e incidência política. O Projeto, apoiado pela Fundação AVINA, será realizado por três organizações parceiras, a "AMARRIBO Júnior", a "Rede Sou de Atitude" e a "Oficina de Imagens", tendo abrangência nacional e acontecendo ao mesmo tempo em Belo Horizonte (MG), em Natal (RN) e em Ribeirão Bonito (SP).

O Projeto terá duração de quase 1 ano e será dividido em 2 etapas, a primeira de formação política, onde serão realizados encontros e oficinas para debate e formação dos jovens. A segunda etapa visa realizar uma incidência ativa, ou seja, uma ação prática envolvendo o Poder Público de cada cidade envolvida, associado ao "Movimento por Cidades Justas e Sustentáveis".

Em Ribeirão Bonito o Projeto irá envolver jovens da própria cidade e de mais 4 ou 5 municípios: Águas da Prata, Orlândia, Bauru, Marília e Analândia (à confirmar).

A AMARRIBO Júnior já iniciou o processo de mobilização nestas cidades, inclusive recebendo a visita de algumas delas. Neste final de semana, 06 e 07 de novembro, estará reunido em Ribeirão Bonito o núcleo gestor do Projeto, formando por 2 representantes da Rede Sou de Atitude e 2 representantes da Oficina de Imagens, mais a AMARRIBO Júnior.

A reunião tem como objetivo fechar a metodologia de formação do Projeto e dar início aos trabalhos. Em breve maiores informações e a foto dos pioneiros.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Agora é hora de união

Olá amigos!

A campanha chegou ao fim e a vontade do povo foi respeitada.

O Brasil agora continua. E é importante que todos sintam suas vozes representadas - seja pelo novo governo, seja pela nova oposição - e que o diálogo democrático, amistoso e republicano se fortaleça ainda mais.

Desejamos sucesso a nossa presidente, muitas conquistas, muitos acertos na difícil tarefa de governar esse país continental de tantas diferenças.
Que o novo governo seja criticado quando merecer, e elogiado quando merecer. Que a nova oposição tenha a força de barrar exageros, e também a grandeza de apoiar as grandes mudanças.

Uma nação se faz, entre outras coisas, também pela diversidade de idéias. E aqui ela será sempre bem vinda!

Serenidade, Respeito mútuo, Tolerância e Paz é o que mais precisamos agora. Temos diferenças, como não poderia deixar de ser, mas tenho certeza que o nosso amor pela justiça, solidariedade e paz são laços muito mais fortes do que as forças que nos separam.

Muita luz para todos e um futuro cheio de esperança!

Via "Pé do ouvido"

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Um exemplo a ser seguido

Amarribo Junior se mobiliza para discutir violência em Ribeirão Bonito

A Presidente da Amarribo Junior, Nicole Verillo disparou e-mail para todos os integrantes da AMARRIBO- Amigos Associados de Ribeirão Bonito, inconformada com os últimos acontecimentos em Ribeirão Bonito envolvendo jovens em brigas e muita violência.

Para Nicole, esse é um problema de toda a sociedade que deve deve ser exaustivamente discutido com autoridades e população. até a sua solução. No próximo dia 5 de novembro, a Amarribo Jr deverá realizar audiência pública para discutir o problema. Para tanto está convidando autoridades: Prefeito, polícia, Ministério Público, Juíza, professores, vereadores e população.
Fonte: Blog do Ronco
Qual é o exemplo a ser seguido?
Primeiro a forma como a juventude de Ribeirão Bonito participa da vida da cidade. A iniciativa de mobilizar a sociedade, propor audiências públicas para discutir soluções para um problema que atinge a todos faz da juventude atores das mudanças que desejam.
Em segundo lugar, a perfeita sintonia entre população e poder público, mostrando que a união de forças, a proximidade e interação entre executivo, legislativo, judiciário, polícias civil e militar agregam valor às ações que discutidas e decididas por todos levam à solução desse e outros problemas que são comuns a todas as cidades.
Dessa forma a sociedade se sente valorizada e os agentes públicos se fortalecem.